Dia Mundial da Saúde | 5 Boas ações para a sua saúde e para o planeta

6/4/2016

Vamos aproveitar o Dia Mundial da saúde, criado pela OMS em 1950, para mostrar que, normalmente quando você cuida melhor de si, está cuidando também da saúde do planeta. E você nem precisa agradecer, só anota as dicas e bate aqui, ó!

1. Alimentação - antes de falar sobre comer bem, vale citar o trecho de um relatório divulgado recentemente no site da Organização das Nações Unidas (ONU), onde aponta que toda a América Latina desperdiça até 348 mil toneladas de alimentos por dia. Você não leu errado, tudo isso é desperdiçado por dia. Depois que você digerir essa notícia, continua aqui. Quando você ouve sobre comida orgânica, horta em casa, slow food, já pensa em algo caro, trabalhoso, bom para o meio ambiente e indiferente pra você? Tá enganado! Além de ser muito mais saboroso, você entende a origem da sua comida e por conta da redução de química, de agrotóxico, refinamento, industrialização, entre outras características de uma alimentação fora das citadas, a sua saúde fica imensamente grata. Além de agradecer também por menos poluição, por um solo saudável para mais produção, etc. Sabe como é, as coisas boas se multiplicam.

2. Mobilidade - essa é fácil! Bike é a resposta. Principalmente se suas atividades como trabalho ou estudos são próximas da sua casa. Tem gente que pedala e corre na academia e depois pega o carro pra ir ao trabalho, dá pra entender? Nós sempre vamos enxergar as dificuldades: "ah, mas é perigoso"; "fico suado"; "é cansativo"; etc. Já falamos sobre isso no Dia Mundial sem Carro, e recentemente listamos alguns acessórios que podem deixar sua pedalada mais segura. Já sugerimos até um lugar onde você pode estacionar a bike, tomar banho, passar roupa. Menos CO2, menos congestionamento, menos estresse, menos buzina, menos desculpas! Mais empoderamento para os ciclistas, mais disposição, mais saúde.

3. Estresse - em breve falaremos sobre "transtorno de déficit de natureza", já ouviu o tema por aí? Até lá, vale adiantar que, muitos estudos já comprovaram a redução do risco de depressão, além de mais senso de humor e serenidade em pessoas que vivem em contato com a natureza. Não por acaso muita gente busca áreas verdes, praias, mares e cachoeiras para relaxar. Agora, quem procura áreas desmatadas, mares poluídos, praias sujas? Ninguém quer isso. Então não feche os olhos! Se você não preserva pensando na vida marinha, nos animais, em qualquer outro ser vivo: pense em si mesmo. Sugestão: só uma caminhada ao ar livre já alivia o estresse. :)

4. Descarte correto - você já sabe que a premissa é consumir apenas o necessário. O segundo ponto importante, é descartar corretamente a sobra, o excesso, ou o que não lhe serve mais. Algumas coisas poderão ser passadas adiante e serão úteis para outras pessoas, mas tem também o que vira lixo e não tem jeito. E é aí que entra a importância de descartar corretamente. Poderia ser apenas para não contaminar o solo, não poluir rios e mares - como é o caso do descarte incorreto do óleo, mas entram também questões como enchentes, o risco de contaminação e principalmente quando se trata de dos resíduos perigosos, que vão desde rejeitos tecnológicos, passando por hospitalar e envolvendo também produtos da construção civil, tais como restos de tinta, colas, aditivos, e etc. Tá vendo só, e você achando que bastava jogar "lixo no lixo". Cuide-se!

5. Água - milhares de pessoas no mundo morrem por conta de secas ou água contaminada. Ontem mostramos aqui a campanha da Colgate que tem o objetivo de alertar a população sobre o desperdício de uns e necessidade de outros. Na semana Especial Água falamos sobre água virtual, e posteriormente mostramos com a entrevista do Fabio Rubio Scarano, as consequências de uma crise hídrica decorrente e mundial - o que já acontece em parte do mundo. Quando você não desperdiça, você preserva também sua saúde. Sua vida.

Foto do banner: The Wasted Blog
Gostou do texto?
Compartilhe nas redes sociais esse conteúdo que você acabou de ler e ajude a espalhar a mensagem!
Sobre o movimento

Em 1º de Janeiro de 2015 nascia o Menos 1 Lixo, um desafio pessoal da Fe Cortez, de produzir menos lixo e provar que atitudes individuais somadas constroem um mundo mais sustentável.

Nossas redes
Principais tópicos
Tags em destaque

VOCê TAMBÉM PODE GOSTAR DE:

Vamos Juntx!

Assine a nossa Newsletter e fique por dentro de tudo que acontece no Menos 1 Lixo!
Obrigado! Sua inscrição foi feita com sucesso!
Oops! Something went wrong while submitting the form.