A vegana Alana Rox fala sobre o desafio de gerar menos lixo

Publicado em:
14/8/2016
No items found.

Você já leu pelo site, sobre link sustentável e interdependência. Os assuntos estão ligados por um simples fator: o que fazemos aqui impacta ali - que pode ser do outro lado da rua ou do mundo - e isso ocorre mesmo quando não percebemos a relação. Algumas boas vezes, dentro do Movimento, conversamos sobre o incômodo de encomendar alimentos orgânicos, por exemplo, e eles chegarem excessivamente embalados. É como se não fosse um consumo consciente por completo. Como se a alimentação não conversasse com a geração de resíduo, com a inclusão social e com tantos outros fatores que a gente entende que importam muito! Para a realização da festa de lançamento do nosso Copo Oficial, que foi Lixo Zero <3, tivemos de pessoalmente buscar limões galegos pelas feiras orgânicas do Rio. Na ocasião, mais uma vez, não faltavam as mil e uma embalagens. Pensando em tudo isso, buscamos o olhar de uma vegana queridíssima por nós e igualmente admirada e seguida por muitos: Alana Rox! :)  

 

Alana nos contou que há algum tempo tem repensado a sua relação com o resíduo gerado diariamente. “Este é um grande desafio, já que a indústria e o comércio não estão preparados para que você não queira produzir lixo. É meu desafio diário. Na minha opinião, ser vegano vai muito além de não consumir produtos de origem e exploração animal. Não adianta ser vegano e só comer industrializados, pois a produção da grande maioria destes polui o meio ambiente e destrói a natureza prejudicando animais também.

É importante que o vegano seja saudável, cartão de visitas de sua própria ideologia. E que seja por inteiro: por amor, por saúde, por compaixão. Aos animais, ao planeta, a si mesmo. Somos todos um. Somos todos parte de um todo. Qualquer ato diferente disso, é um tiro no próprio pé.” Sobre o dia a dia Alana contou que faz desde sua pasta de dente até o sabão em pó. Na cozinha, utiliza e propaga a ideia do uso dos alimentos de forma integral: a semente, a polpa, a casca. Assim não se joga nutrientes nem dinheiro fora.

Fortalecendo o que sempre falamos sobre o poder do indivíduo e de suas escolhas, a vegana dispara: “Você precisa educar os estabelecimentos.  A demanda do cliente faz a oferta, não o oposto. Deve pedir, dar ideias, exigir soluções o tempo todo. Só assim vai conseguir mudar algo.” E continua, “não há lugar que eu vá que não peço por opções veganas ou que falo para eliminarem o canudo, por exemplo. Elogio, divulgo e enalteço empresas e lugares que já fazem algo para que nossas vidas sejam melhores neste sentido.” Lembrando que o aplicativo Carteirada do Bem, pode contribuir com esse empoderamento. ;) “O cidadão deve entender que tudo começa por ele mesmo. Não deve pensar no que é bom primeiro para ele como indivíduo, mas no que beneficia o coletivo antes de ser bom apenas para ele. Ele faz parte de um coletivo, logo, se é bom para todos, é bom para ele também.  Tudo tão simples. O que parece óbvio, deve ser dito muitas e muitas vezes.  Só assim aprenderemos todos”, fechou a vegana. Se você tá começando a mudar a sua relação com o lixo e se responsabilizar pelo que produz, vale fuxicar o site todo e, em especial, ver as dicas práticas e acessíveis da nossa sessão Eu Testei, onde contamos as experiências de uma vida com menos lixo. Agora, se você tá buscando um pouco mais sobre o veganismo, receitas em conta e com uma consciência completa, procure The Veggie Voice nas redes e se inspire com o Diário de uma Vegana. ;) Fotos: as imagens foram retiradas da página The Veggie e são receitas do ‪#‎programa50reais‬, onde Alana posta receitas de cafe da manhã, almoço, jantar, lanches e sucos com apenas R$ 47,75 para os 7 dias.

Talita Gamboa
Por:
Foto do banner: The Wasted Blog
Gostou do texto?
Compartilhe nas redes sociais esse conteúdo que você acabou de ler e ajude a espalhar a mensagem!
Sobre o movimento

Em 1º de Janeiro de 2015 nascia o Menos 1 Lixo, um desafio pessoal da Fe Cortez, de produzir menos lixo e provar que atitudes individuais somadas constroem um mundo mais sustentável.

Nossas redes
Editorias
Tags em destaque

VOCê TAMBÉM PODE GOSTAR DE:

Vamos Juntas!

Assine a nossa Newsletter e fique por dentro de tudo que acontece no Menos 1 Lixo!
Obrigado! Sua inscrição foi feita com sucesso!
Oops! Something went wrong while submitting the form.