Pequenos Lixos, Grandes Problemas | Cotonetes

15/5/2018

Você já parou pra pensar no perigo dos cotonetes pro planeta?

Quantos pequenos lixos nós consumimos e sequer paramos pra pensar no impacto deles pro planeta? Quantas vezes por semana você usa o cotonete? Pra começar, esse hábito já é super polêmico, porque vários médicos afirmam que ele faz mal aos nossos ouvidos e são bem perigosos. Segundo o Mundo Estranho, da editora Abril, o cotonete foi inventado há pouco tempo, na década de 1920, depois da Primeira Guerra Mundial por um polonês chamado Leo Gersternzang. Parece que ele teve a brilhante ideia depois de observar a mulher limpar o ouvido da filha com um pedaço de algodão preso em um palito de dente. E ele passou a produzir um cotonete com o corpo de madeira, mas o de plástico começou a ser comercializado em 63.

Os cotonetes são um dos resíduos mais encontrados nos oceanos, já que as estações de tratamento nem sempre conseguem filtrar os fininhos cotonetes. Segundo a Marine Conservation Society, eles foram o 6º item mais encontrado nas praias britânicas há 2 anos. Os europeus têm o hábito de jogar os cotonetes pelo vaso sanitário e eles vão parar nos oceanos ameaçando seriamente a vida marinha. 

Você já deve ter visto essa foto por aí, né?

Foi um registro do fotógrafo Justin Hofman, que praticava apneia na costa da ilha de Sumbawa, na Indonésia. Ele contou ao Washington Post que a corrente jogou vários dejetos em direção ao cavalo-marinho, que agarrou o cotonete. Ele usou a fotografia como um alerta e foi finalista de um concurso de fotógrafos da vida selvagem do Museu de História Natural de Londres.

Fotos como a de Hofman provam como é preciso agir hoje pra salvarmos toda a vida marinha em perigo por causa dos nossos impactos negativos ao planeta. E cotonete é reciclável? Bom, a haste é de plástico, o que significa que é reciclável. É tirar o algodão das pontas e encaminhar pra coleta. Mas como você deve tá cansadx de saber, nem tudo que é reciclável é reciclado e o plástico tem um índice de um pouco mais de 50% de reciclagem no Brasil. Ainda assim, isso não significa que as hastes dos cotonetes estejam dentro desse número.

Mas o que fazer? A boa notícia é que já tem muita gente grande de olho nesse problema. A Johnson & Johnson (a maior fabricante de cotonetes do mundo!) declarou que vai trocar todos as hastes de plástico por papel biodegradável. E essa medida rolou por causa de uma campanha lá fora, a #SwitchTheStick (ou #TroqueOPalito), voltada pra denunciar o impacto das hastes de plástico nos cotonetes pro meio ambiente. As maiores transformações estão nos menores gestos e nas mínimas mudanças de hábito. Vamos repensar mais esse?   

Gostou do texto?
Compartilhe nas redes sociais esse conteúdo que você acabou de ler e ajude a espalhar a mensagem!
Sobre o movimento

Em 1º de Janeiro de 2015 nascia o Menos 1 Lixo, um desafio pessoal da Fe Cortez, de produzir menos lixo e provar que atitudes individuais somadas constroem um mundo mais sustentável.

Nossas redes
Principais tópicos
Tags em destaque

VOCê TAMBÉM PODE GOSTAR DE:

Vamos Juntx!

Assine a nossa Newsletter e fique por dentro de tudo que acontece no Menos 1 Lixo!
Obrigado! Sua inscrição foi feita com sucesso!
Oops! Something went wrong while submitting the form.