Dicas para uma festa infantil linda e sustentável!

Dicas para uma festa infantil linda e sustentável!

Publicado em:
12/11/2015
No items found.

Quando a Fe Cortez me chamou pra escrever esse texto, pensei muito em como a sustentabilidade e a simplicidade se conectam. O desafio é que a sua festa seja simples e sustentável. Por isso, cuidado com a armadilha: uma festa pode ser sustentável, sem ser simples. Não caia no erro de achar que basta "brifar" um decorador de festas, comprar pratos, talheres e copos de papel reciclado, servir suco verde e doar os presentes. Se for faraônica, a festa pode *até* ser sustentável, mas não é simples. Mas na simplicidade vai ter muito mais envolvimento, mais mão na massa e mais conexão.

 

1 Decisão

Quando se trata de sustentabilidade, as pessoas têm mania de grandeza. Ficam planejando o dia que, finalmente, vão comprar a tal caixa da compostagem; que, finalmente, vão instalar os painéis solares; que, finalmente, vão se mudar para aquela ecovila auto-sustentável, no meio da mata nativa, com 4 nascentes, reflorestamento permacultural, vaquinhas e cabras, cata-ventos e biodigestores. Enquanto não chegam lá, ficam no que eu chamo de limbo da culpa.Não fazem o grande, mas também não fazem o pequeno.


2 Mantra da Simplicidade 

Portanto, para cada decisão de consumo sobre a festa, minha dica é sempre voltar para o mantra da simplicidade. Se você vai "usar menos, gastar menos e demandar menos" - manda bala!

Então vamos à parte e mão na massa!

  

3 Convite

Hoje com tantos aplicativos, vale tentar fazer o próprio convite ou usar um desenho das crianças como base.

  

4 Decoração e tema 

Isso significa que você já tem algum brinquedo, jogo ou livro em um raio de 1m. Faça uma limpa no quarto dele e leve tudo pra mesa.


Essa foto é do aniversário de 7 anos Sophia, com o garimpo que a mãe Louise fez no quarto dela.


Sobre bexigas, ou balões de aniversário: evite! Invista numa decoração bacana e deixe de lado a ideia dos balões.


  

5 Comes e Bebes

Tenta não contratar ninguém. Faz um passeio na feira e no supermercado. Pede para as avós fazerem alguns pratinhos. Deixa tudo à mão em uma mesa - e os convidados se viram. Até para criança fica mais fácil. Com as bebidas, deixa tudo em uma tina. Arranja umas suqueiras para a água e o suco, que são os bestsellers, e pronto! Só lembra de não ser tão radical e extremista. Festa simples e sustentável não significa uma mesa inteira com petiscos veganos, funcionais, sem glúten e sem lacto. É uma festa infantil! E não são todas as crianças que crescem à base de suco verde. Pode ter açúcar. Nunca vou me esquecer da carinha de decepção do meu filho depois que a piñata estourou na festa de um amigo. Depois de toda expectativa, de toda a luta pela sobrevivência naquela hora em que todas as crianças se atracam na guerra-pós-piñata-estourada, ele conseguiu catar algumas caixinhas. Veio correndo me mostrar. Quando viu do que se tratava, a alegria se evaporou em 2 segundos. Disse ele, em uma velocidade letárgica: “é uva passa, mamãe!”. Mães, uva passa não conta como doce!



 

"Uma festa sustentável não combina com presentes." 

A ideia parece linda até você tentar convencer seu filho de 5 anos. Não precisa! Deixa ele ter a experiência de ganhar os presentes. Não precisa arruinar isso. A dica é: até a festa de 2 anos - peça uma substituição do presente para os convidados. Até essa idade você pode fazer isso sem causar nenhum tipo de trauma no seu filho. Vai por mim! Mais: você pode dar a chance dos convidados deixarem um legado para o futuro. Sabe como? De tudo o que eu vi até hoje, o exemplo mais legal foi na festa de 2 anos da Anna, filha da minha amiga Cris Wegmann. A Cris pediu para os convidados levarem de presente algumas palavras - uma carta de dicas para a vida da Anna. Também pediu para que cada um levasse a flor que mais gostava.A ideia era que os convidados trocassem as flores entre si!

Vai ser divertido!


Os amigos se mobilizaram e a meta foi batida logo com os primeiros convidados.

Palmas para o Cadu!

  

7 Lixo

Você é responsável pelo lixo dos seus convidados.

Se vai ter presente, você já solucionou o problema do papel de presente, dando a dica do jornal, da revista e da criatividade. Daria para fazer uma festa lixo zero? Daria!Sem copos, talheres e pratos descartáveis; trocando o guardanapo de papel pelo guardanapo de pano; com comidas de pegar com a mão, etc. Mas eu sei que é difícil. Nesse quesito, se você conseguir usar os talheres, pratos e copos que tem em casa - e deixar os convidados responsáveis pelos copos deles - já está ótimo! Se for uma festa grande e não tiver como fugir dos descartáveis, deixa várias canetas de tinta permanente à mão - e pede pra cada um nomear seu copo, talher e prato, e prefira as opções de papel que se degradam mais rápido. Plástico não se dissolve nunca!! E não esqueçam dos recipientes separados para recicláveis, e orgânicos, isso faz toda a diferença inclusive na educação das crianças, já que exemplo vem de casa!



Tem mais um lixo que as pessoas não se dão conta - desperdício. Procure uma empresa de compostagem que possa te ajudar nesse sentido.


8 Entretenimento ou animação da criançada

Eu já contratei gente para animar festa.

Mas percebi nos últimos anos que eu passava a festa inteira com os adultos e não me conectava com os meus filhos - justamente no dia mais importante do ano pra eles. Foi aí que na última festa do meu filho, com o tema de agente espião, ele me pediu que eu comandasse as brincadeiras - 15 missões que a gente inventou juntos para os mais de 20 amigos que vieram. Tinha coisas como: achar bichinhos dentro de um balde cheio de geleca, procurar o carro com placa XXX 7777 dentro do estacionamento do condomínio. E assim foi. Depois da hora de cantar parabéns, tudo fluiu organicamente. Justamente quando a mãe, que depois de montar a festa e distrair os mais de 20 mini agentes espiões por horas, já se sentia como se tivesse participado de um ironman sob um sol de 40ºC - as meninas pediram pra colocar uma música. “Pode Shakira, tia?” Pode! E com o meu celular passando de mão em mão, as crianças dançaram na sala, enquanto a mãe se recuperava. Uma festa simples e sustentável flui organicamente.



O irmão criou o precedente para a irmã mais nova.


  

9 Lembrancinha Taí outra instituição de festa de criança. Ninguém sabe de onde surgiu e porque a gente continua tão apegado a ela.

Sem contar a hora que eles se distraíram pintando. Créditos para a mãe, Lu Misura, que sempre tem ideias geniais!




A Heli não falou, mas na festa da Bianca ela distribuiu de lembrancinha os
e daí eu fiquei sabendo de todas essas alternativas incríveis pra criar uma festa mais sustentável! <3

 

10 Deslocamento dos Convidados 

Na onda de ser responsável pelo lixo dos seus convidados, vale sugerir que a galera se desloque juntos. Você sempre tem uma ideia de quem mora aonde, vale aquela forcinha.




Pronto, dicas dadas! Uma ótima festa simples e sustentável para todos!!


Por que embrulhar os docinhos em papeizinhos e plastiquinhos que terminam no lixo, misturados aos orgânicos sem necessidade nenhuma? Lembra da coleta seletiva na festa e peça pros convidados dispensarem as embalagens dos presentes :)

A gente fez um ebook completinho com essas e várias outras dicas pra amar o planeta nas festinhas dos pequenos: dá uma olhada aqui.
 

Heliene Oliveira
Por:
topo
Gostou do texto?
Compartilhe nas redes sociais esse conteúdo que você acabou de ler e ajude a espalhar a mensagem!
Sobre o movimento

Em 1º de Janeiro de 2015 nascia o Menos 1 Lixo, um desafio pessoal da Fe Cortez, de produzir menos lixo e provar que atitudes individuais somadas constroem um mundo mais sustentável.

Nossas redes
Editorias
Tags em destaque

VOCê TAMBÉM PODE GOSTAR DE:

Vamos juntas!

Receba conteúdos, notícias, promoções e novidades do Menos 1 Lixo direto na sua caixa de entrada!
Obrigado! Sua inscrição foi feita com sucesso!
Oops! Something went wrong while submitting the form.