Casamento Real: celebrando com consciência

30/10/2016

No começo do ano, recebi a ligação da Heidy (uma amiga que conheci na Califórnia, mas mora em Berlim) para produzir o casamento dela em Bad Liebenzell, uma cidadezinha no meio da Floresta Negra. Um casamento lixo zero e consciente. Como não deu para viajar, a consultoria acabou sendo via Skype e via boards do Pinterest mesmo. Eu já tinha feito a festinha de 6 anos da minha filha em esquema de redução no ano passado, já tinha montado um tutorial para decoração e para a ceia de Natal para o Menos 1 Lixo, além do lançamento do Copo Oficial, né? Mas vamos combinar que casamento é uma outra liga!

E uma coisa é o desejo da noiva de fazer um casamento lixo zero, a outra é colocar o esquema para funcionar. Pra funcionar mesmo! Porque reutilizar, reduzir e reciclar significam mais trabalho. Exige planejamento cuidadoso porque o default do mundo de festas é exatamente o contrário. Mas a Heidy estava tão decidida que resolvi aceitar o desafio. Simplesmente porque é TÃO legal trabalhar com gente que enxerga que a beleza da celebração está nos sentimentos e na reunião dos amigos e familiares espalhados pelo mundo, ao invés de bem-casados embalados em renda francesa. Então, mais do que lixo zero, esse casamento foi uma celebração consciente. Mas com quantas dicas se faz um casamento consciente? 1- A Heidy e o noivo escolheram a data da celebração para coincidir com o Festival de Luzes de Bad Liebenzell. Depois da cerimônia e do jantar, os convidados ganharam ingressos para, juntos, assistirem ao festival. Ou seja, os noivos aproveitaram um momento único da cidade para entreter os convidados. 2- Escolheram um hotel que fosse perto da igreja, e um restaurante que fosse perto da igreja. Todo mundo conseguiu fazer os trajetos usando os próprios pés mesmo. :)

3- Ao invés de ir contratando ajuda - listaram alguns amigos e familiares para preparar os arranjos de flores, a decoração e o cerimonial.  

4- Minimalismo na Igreja. Para a igreja, apenas uma pequena intervenção. A igreja de 800 anos não precisava de mais nada além de poucas flores. 5- Na recepção, aproveitaram o clima do restaurante mesmo e, mais uma vez, pouca intervenção. Para centro de mesa dos convidados no jantar, escolheram lindos livros. Clássicos da literatura serviram de apoio para os arranjos de flores.

6- Os músicos contratados eram da própria região, e uma amiga cantou junto com eles. 7- Lembrancinha: geleia caseira com morangos da época, e da região. Em potinhos de vidro, reutilizáveis.

8- Uma gaiola, que foi “herdada" de um casamento de um amigo, foi usada para guardar as cartas que os convidados escreveram para eles.

9- Nenhuma comida foi desperdiçada, isso exigiu um cálculo bem conservador. Até as corujinhas de marzipan do bolo foram aproveitadas. A Heidy mandou emoldurar em uma caixinha e guardou como lembrança do casamento.

10- Quanto a reciclagem de vidro e plástico, as coisas são diferentes na Alemanha. Os vidros são separados em containers de acordo com a cor (marrom, transparente ou verde) para o serviço de coleta da cidade. E garrafas de plástico são levadas para os supermercados, que “pagam" entre 15 e 25 centavos por peça. Os supermercados trituram o plástico e mandam para a reciclagem. E o lixo orgânico também foi separado, claro - do jeitinho alemão!

Heliene Oliveira, fundadora da Quiron, uma empresa agitadora de transformações. Como uma festa lixo zero, por exemplo. Com dados fornecidos através do relatório da Roda Ambiental.

Foto do banner: The Wasted Blog
Gostou do texto?
Compartilhe nas redes sociais esse conteúdo que você acabou de ler e ajude a espalhar a mensagem!
Sobre o movimento

Em 1º de Janeiro de 2015 nascia o Menos 1 Lixo, um desafio pessoal da Fe Cortez, de produzir menos lixo e provar que atitudes individuais somadas constroem um mundo mais sustentável.

Nossas redes
Principais tópicos
Tags em destaque

VOCê TAMBÉM PODE GOSTAR DE:

Vamos Juntx!

Assine a nossa Newsletter e fique por dentro de tudo que acontece no Menos 1 Lixo!
Obrigado! Sua inscrição foi feita com sucesso!
Oops! Something went wrong while submitting the form.