O Dia das Crianças é uma data comercial?

O Dia das Crianças é uma data comercial?

Publicado em:
30/9/2020
No items found.

Você sabia que o Dia das Crianças foi chancelado oficialmente por uma fábrica de brinquedos

A ideia de ter um dia dedicado às crianças no Brasil surgiu de um deputado federal em 1924. No mesmo ano, o dia foi oficializado pelo presidente Arthur Bernardes em 12 de outubro, mas a ideia não pegou com a importância que é hoje. Na década de 1940, Getúlio Vargas decidiu reforçar a importância de um dia para celebração da infância no país e decretou que no dia 25 de março comemoraremos o dia dos pequenos. O objetivo era dedicar um momento para os cuidados da maternidade, da infância e da adolescência. E isso ficou pra história, mas não na prática.

Em 1960, a Fábrica de Brinquedos Estrela se uniu com a Johnson & Johnson para lançar a Semana do Bebê Robusto e, claro, potencializar as vendas. Navegando nessa onda, outras lojas de brinquedo também aderiram à ideia e o Dia das Crianças foi oficializado em 12 de outubro no Brasil. Em 2011, o presidente da Fábrica de brinquedos Estrela disse que o Dia das Crianças supera o Natal em venda pros pequenos e, correspondia, na época, 60% do faturamento. 

Mas e aí?

Uau, né? É uma data comercial? Sem dúvida. Mas e aí? Consumo consciente é termos as informações necessárias pra tomarmos decisões conscientes. Logo, optar por presentear os pequenos nesse dia parece uma cilada, mas dá pra fazer história :)

Um papo sincero

Vamos começar a conversa? Que tal propor um bate-papo com seus pequenos e falar um pouco sobre o hábito de presentear com brinquedos de plástico e itens descartáveis? É uma boa época pra conversar sobre descarte, autorresponsabilidade e cuidado com a natureza. As crianças dão aula pra gente quando falamos em sustentabilidade e pode ser uma oportunidade linda pra aprender e ensinar :)

Copo do Menos 1 Lixo

Atrelado ao papo sincero, os copinhos do Menos 1 Lixo são um agente de transformação potente pra ensinar sobre pequenos hábitos e as grandes transformações que eles promovem. Um copinho é capaz de nos apoiar na economia de 1700 copos descartáveis. Esse ano, no Dia das Crianças, na compra de um copo do movimento, os pequenos levam uma cordinha pra levar ele pra todos os lugares! É uma dica legal pra volta às aulas, porque o copo dá uma força no não compartilhamento de itens pessoais também, em tempos de pandemia. E ele é um super agente de transformação, porque faz a gente pensar em vários outros pequenos plastiquinhos da nossa rotina. Além disso, o copo é um investimento no Menos 1 Lixo como plataforma de educação ambiental :)

Olha quanto papo bacana dá pra ter com as crianças só por um copinho.

Brinquedos eternos

Se você optar por presentear com um brinquedo, é legal investir nos de madeira ou de pano feitos por um ou uma artesã (o) da sua cidade. Já dá pra conversar também sobre senso de comunidade, valorização de quem faz e durabilidade. É um brinquedo que pode durar gerações! :)

Experiências

E se o presente for um dia inteiro de pinturas e processos lúdicos? Pensa por aí em uma programação que envolve se sujar de tinta, fazer uma casinha de boneca de caixas de papelão, dobraduras de jornal... Não faltam tutoriais legais na internet e, claro, coloca a criatividade pra funcionar! 

Aqui vale, inclusive, fazer aquela composteira que você tá deixando pra depois, sabe? É muito fácil, barato e divertido de fazer e as crianças adoram participar desse processo. Tem vídeo pra te dar um apoio aqui:

Conta pra gente, o que você pensou pro Dia das Crianças esse ano?

Claro, sempre é legal falar sobre doação de brinquedos e receber também brinquedos de crianças que já cresceram.

A gente tem muitas possibilidades que vão além do consumo óbvio, de comprar um brinquedo de plástico novo que vai durar pouco e contaminar o meio ambiente por séculos. Ser criança é muito mais legal do que isso :)


Menos 1 Lixo
Por:
meio
Gostou do texto?
Compartilhe nas redes sociais esse conteúdo que você acabou de ler e ajude a espalhar a mensagem!
Sobre o movimento

Em 1º de Janeiro de 2015 nascia o Menos 1 Lixo, um desafio pessoal da Fe Cortez, de produzir menos lixo e provar que atitudes individuais somadas constroem um mundo mais sustentável.

Nossas redes
Editorias
Tags em destaque

Você também pode gostar:

Vamos juntas!

Receba conteúdos, notícias, promoções e novidades do Menos 1 Lixo direto na sua caixa de entrada!
Obrigado! Sua inscrição foi feita com sucesso!
Oops! Something went wrong while submitting the form.