Reciclável x Reciclado | post it e fita adesiva

12/4/2018

Muitos objetos banais estão presentes no nosso dia a dia e nunca paramos para questionar qual a origem, e para onde eles vão. E, especialmente, como são nocivos (ou não) pro nosso planeta. Você é daquelx do post it? Dos bem coloridos? Bora falar sobre a dupla protagonista pra quem ama organização e arts n crafts? Bom, a fita adesiva foi inventada na Alemanha em 1928. Naquela época, ninguém imaginou que ela seria tão útil. Em 1946 ficou tão popular que aqui no Brasil que até mudou de nome, pra durex, por causa da empresa que fabricava o produto. Uma grande metonímia, não é mesmo? Assim como várias outras por aí. O Post-It® é uma marca registada da 3M Company e teve sua primeira versão em 1968. E a gente também dá boas notícias por aqui, ó: todos os produtos de papel da Post-it são recicláveis.   A cola não interfere na reciclagem do papel, uma vez que o adesivo é removido em grande parte durante o processo de descoloração.  A 3M oferece blocos fabricados com material 100% reciclado em amarelo canário e várias outras cores maravilhosas. Os blocos fabricados com material 100 % reciclado têm 70 % de fibra pré-consumo e 30% de fibra pós-consumo.  O papel coletado é utilizado como matéria prima na fabricação de papel reciclado, caixas e lenços de papel. A empresa é super responsável quanto a questão ambiental e se prontifica a esclarecer qualquer dúvida sobre os blocos Post-it e reciclagem através do número 1-800-395-1223, das 8h às 16h30. 

Já a fita adesiva não é reciclável. Adesivos de uma forma geral, de qualquer formato e tamanho (pensa só quantos adesivos você já não recebeu de brinde em festa de criança, ou no brinde de alguma marca),  não podem ser reciclados. Você já está cansado de saber dos danos que o plástico pode causar no nosso planeta né? Principalmente nos oceanos, onde a vida marinha acaba se alimentando dessas substâncias e prejudicando toda a cadeia alimentar. Inclusive nós, seres humanos. Caso ainda não saiba dos malefícios causados pelo plástico, é só clicar aqui. A boa notícia é que cada vez mais essa onda de conscientização ambiental está atingindo mais e mais pessoas e com isso as coisas vão mudando. A Adecol, por exemplo, maior fabricante 100% nacional de adesivos industriais fez substituição de fitas adesivas e filme plástico por cola no fechamento de caixas e paletização. Todo esse processo acaba custando 83% menos. Atualmente, o uso de fitas adesivas de material plástico (normalmente de polietileno) é uma das práticas mais adotadas por diversos setores para lacrar embalagens de papelão. Além de mais caras, as fitas viram resíduos de difícil reciclagem, o que é extremamente nocivo ao meio ambiente. Elas podem ser substituídas por adesivos hotmelt ou pela sua própria cola branca, com facilidade na aplicação e limpeza de equipamentos, eliminação de lixo plástico e importante economia de recursos. Nós entendemos que a fita adesiva é algo extremamente útil e prático e abrir mão completamente, pode se tornar certo problema em alguns aspectos. Por isso, selecionamos três tipos de fitas ecológicas pra você ficar sabendo que há uma luz no fim do túnel:    Fita adesiva de celofane O papel celofane é usado na fita com um adesivo de borracha natural. Além disso, é totalmente derivada de plantas  

Fita adesiva de papel Essa fita é ativada em água e uma tira pode fazer o trabalho de três tiras plásticas.

Fita adesiva de papel e borracha É mais frágil e fácil de rasgar, por isso o ideal é usar pra selar pacotes de baixo volume.

A gente não precisa mudar a vida de cabeça pra baixo pra amar o planeta, viu?

Gostou do texto?
Compartilhe nas redes sociais esse conteúdo que você acabou de ler e ajude a espalhar a mensagem!
Sobre o movimento

Em 1º de Janeiro de 2015 nascia o Menos 1 Lixo, um desafio pessoal da Fe Cortez, de produzir menos lixo e provar que atitudes individuais somadas constroem um mundo mais sustentável.

Nossas redes
Principais tópicos
Tags em destaque

VOCê TAMBÉM PODE GOSTAR DE:

Vamos Juntx!

Assine a nossa Newsletter e fique por dentro de tudo que acontece no Menos 1 Lixo!
Obrigado! Sua inscrição foi feita com sucesso!
Oops! Something went wrong while submitting the form.