5 Formas de sujar o mar sem ir à praia (pra você ficar atento)

18/9/2016

Essa semana a programação está especial! Amanhã é o Dia Mundial de Limpeza das Praias e Rios, e todo o nosso conteúdo está em prol do alerta: a preservação das nossas águas, também está em nossas mãos.

O Menos 1 Lixo é um Movimento voltado para o empoderamento do indivíduo, através da conscientização do impacto de suas escolhas. Por muitas vezes quando falamos sobre trazer o problema para a sociedade civil e se enxergar como agente transformador do mundo, algumas pessoas podem confundir alguns fatores:

1. O fato de você virar um indivíduo atuante, não ameniza as obrigações ou [os descumprimentos] do Estado, pelo contrário. Estamos falando sobre você se enxergar como parte de um todo maior, ocupar a sua cidade e articular, juntar os amigos, agir no que puder e isso inclui cobrar mais das tais autoridades. Isso é ser empoderado.

2. Outra coisa que muita gente confunde, está mais ligado ao que é ser sustentável. Normalmente as pessoas entendem como abraçar árvores, ser caro ou chato. Quando o consumo consciente pode muitas vezes sair mais barato, pra sua saúde, pro planeta e pro seu bolso também. Basta olhar o processo por inteiro. Como nos casos das lâmpadas de LED, por exemplo. Por isso sempre buscamos viabilizar o consumo consciente para situações diárias. De forma prática e acessível.

3. A terceira confusão vem basicamente do que é tido [ou] lido como "o mundo". É simples, o mundo começa na nossa casa. Com quem tá do lado, com o vizinho e a família. Na vila, na rua, na praça, no bairro, na cidade, no país. Mudemos o mundo todos os dias, com cada escolha, cada sugestão de melhoria, cada compartilhamento de conhecimento, cada gesto de equivalência. Todos os dias. Agora vamos lá, com essa introdução vai ficar ainda mais fácil fazer o link e entender que não jogar o resíduo diretamente no mar no final do dia praiano, é bom, mas não basta. E você pode fazer mais!

Óleo de cozinha

O Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA), já deu o recado: apenas 1 litro de óleo, quando descartado erroneamente, pelo ralo, vaso ou qualquer outro canal inadequado, pode contaminar mais de 20 mil litros de água. Não importa se é de girassol, soja, milho, o resultado é sempre negativo. Pode entupir a sua tubulação e ocasionar o aparecimento de ratos e baratas, o uso de produtos químicos altamente tóxicos para a limpeza e, com a falta de um tratamento de esgoto adequado,  a contaminação dos rios, afetando a fauna aquática, impermeabilizando o solo, contribuindo com enchentes e agravando o efeito estufa. É só enviar para a reciclagem!

Poluição

Segundo a ONU Foundation, por conta da poluição e da absorção do dióxido de carbono pelas águas dos mares, os oceanos estão 30% mais ácidos do que antes. Estima-se que 95% de toda a vida marinha seja ainda desconhecida de nós, seres humanos.  Estamos poluindo esse organismo antes mesmo de conhecê-lo. O que você pode fazer para poluir menos? Qual o impacto disso na sua vida?

Cobrando das autoridades

Muito se fala sobre a poluição da Baía de Guanabara, em épocas de Olimpíadas então, ficava sempre a mesma pergunta: e a Baía? Mas adianta despoluí se a cadeia não for feita de forma completa. Cadê saneamento básico? Tratamento de esgoto? Conscientização das pessoas que por muitas vezes jogam lixo ali? Nós também já falamos disso por aqui.

 

Alimentação

Já se sabe que, para a produção de 1 kg de carne, utiliza-se em média 5,5 mil litros d'água, o equivalente a 1 carro pipa e meio, ou ao que uma pessoa precisa para viver 4 meses, segundo a ONU. Então, reduzir a carne na dieta, é também economizar água. Saber como são plantados as frutas e verduras que vão para o seu prato, entender o impacto nos rios e mares, do que o produtor utiliza na plantação, é parte fundamental no caminho. Nada melhor que fazer a própria horta ou criar uma demanda que respeite o tempo dos alimento e os nossos recursos hídricos.  

Descartáveis

A expedição Race For Water Odyssey, passou oito meses fazendo um levantamento global de lixo nos oceanos. Entre muitos dados ruins, sabe-se que 80% do plástico encontrado no mar têm origem em atividades em terra (domésticas, industriais e agrícolas). A gente sabe bate na tecla do descartável por ser um resíduo totalmente desnecessário, dispensável, que pode ser substituído. E o pior, com um impacto negativo muito grande. Não por acaso, 35% do plástico produzido no mundo, são utilizados por apenas 20 minutos. Canudo, sacola, copo, papel alumínio, filme e etc., como você contribui com isso? O que você faz pra mudar esses números? A gente deu uma mãozinha, e essa semana, o Copo Menos 1 Lixo está com R$ 10,00  de desconto. Aproveite e dê o primeiro passo para uma vida mais sustentável! ;)

Foto do banner: The Wasted Blog
Gostou do texto?
Compartilhe nas redes sociais esse conteúdo que você acabou de ler e ajude a espalhar a mensagem!
Sobre o movimento

Em 1º de Janeiro de 2015 nascia o Menos 1 Lixo, um desafio pessoal da Fe Cortez, de produzir menos lixo e provar que atitudes individuais somadas constroem um mundo mais sustentável.

Nossas redes
Principais tópicos
Tags em destaque

VOCê TAMBÉM PODE GOSTAR DE:

Vamos Juntx!

Assine a nossa Newsletter e fique por dentro de tudo que acontece no Menos 1 Lixo!
Obrigado! Sua inscrição foi feita com sucesso!
Oops! Something went wrong while submitting the form.