5 dicas para comprar de forma consciente na Black Friday

22/11/2017

A primeira vez que se tem registro do termo Black Friday foi em 1869, quando após uma grande queda na Bolsa de Nova York, o governo americano precisou intervir, aumentando a oferta de matéria-prima e fazendo com que os preços do ouro caíssem tanto a ponto de muitos investidores quebrarem. A Black Friday como conhecemos só surgiu muito depois, na Flórida, em referência à grande liquidação pós Dia de Ação de Graças porque gerava um trânsito caótico. Somente nos anos 1990 o termo se popularizou nos EUA. Aqui no Brasil, a Black Friday chegou em 2010, com descontos bem menos agressivos que nos Estados Unidos e alguma polêmica por conta de descontos falsos. Mas o que ela representa de fato? O dia de grandes descontos nada mais é do que um enorme incentivo ao consumo, seja para fomentar a economia, queimar estoques ou simplesmente enriquecer ainda mais as empresas.

E o que nós queremos? Consumo consciente! E quando queremos? O quanto antes pois, como sempre falamos, só reduzindo a quantidade de coisas que compramos e gastamos é que conseguiremos gerar menos impacto negativo ao planeta. Por isso, selecionamos algumas dicas para você não pirar com a Black Friday, respirar e inspirar consciência para uma Green Friday! Mas antes, assista às “Dicas da Fe Cortez” desta semana porque neste episódio ela fala de um item que com certeza será MUITO consumido na Black Friday e que precisa ser repensado: a fralda descartável!

 

Vamos às outras dicas:

1- Faz sentido? O que você quer comprar, faz sentido? Você realmente PRECISA comprar este ou aquele produto? Pense nisso antes da compra pois você poderá estar simplesmente acumulando algo inútil e jogando seu dinheiro no lixo. E esse lixo a gente também não quer, né?

2- O que vale comprar? Se você quer muito algo, vale a pena esperar a Black Friday para comprar por um preço mais acessível e economizar. Passagens aéreas são uma boa opção ou objetos de valor alto como uma bicicleta elétrica, por exemplo. Ou produtos que vão gerar menos impacto ambiental, como as fraldas ecológicas Nós e o Davi por exemplo ;)

3- Planeje-se Sabemos que a data sempre cai na última sexta-feira de novembro, portanto planeje-se para poupar para este dia. Pesquise bastante as opções, veja se as ofertas são reais e qual é a melhor para que você realmente se beneficie da data.

4- Não compre por impulso! Não é porque um item está muito barato que você precisa comprá-lo, né? Muita gente acaba comprando por impulso, gastando o que não tem com algo que não precisa e corre grande risco de ficar de lado.

5- Cheque suas finanças Faça cálculos, veja direito quanto você pode gastar e de que forma. Lembrando que à vista às vezes ainda rola um desconto extra! Como você sabe, o movimento Menos 1 Lixo é pautado na redução do consumo para redução do lixo. Então, vamos pensar bem antes de abrir a carteira, pois ela tem um valor enorme na forma em que podemos impactar o planeta para um mundo mais sustentável! O Trigueiro falou essa semana sobre o tema também e a gente deixa pra quem quer pensar um pouco mais sobre o assunto:

 
Foto do banner: The Wasted Blog
Gostou do texto?
Compartilhe nas redes sociais esse conteúdo que você acabou de ler e ajude a espalhar a mensagem!
Sobre o movimento

Em 1º de Janeiro de 2015 nascia o Menos 1 Lixo, um desafio pessoal da Fe Cortez, de produzir menos lixo e provar que atitudes individuais somadas constroem um mundo mais sustentável.

Nossas redes
Principais tópicos
Tags em destaque

VOCê TAMBÉM PODE GOSTAR DE:

Vamos Juntx!

Assine a nossa Newsletter e fique por dentro de tudo que acontece no Menos 1 Lixo!
Obrigado! Sua inscrição foi feita com sucesso!
Oops! Something went wrong while submitting the form.