Livro | Capitalismo Consciente

Livro | Capitalismo Consciente

Publicado em:
14/5/2015
No items found.

Nós sempre falamos aqui sobre sustentabilidade e consumo consciente voltado para o meio ambiente, mas você já ouviu falar em sustentabilidade financeira? Esse é um dos temas abordados no livro Capitalismo Consciente, escrito por John Mackey e Raj Sisodia.

Vejamos que coincidência: Mackey é CEO da Whole Foods Market, líder mundial na venda de alimentos naturais e orgânicos, com mais de 340 lojas espalhadas pelos Estados Unidos, Reino Unido e Canadá, cujas prateleiras são reconhecidas por abrigar somente produtos de altíssima qualidade e, de forma geral, relacionados a uma alimentação saudável. Voltando ao livro, sua proposta  é apresentar uma forma diferente de operar o modelo capitalista, em que o lucro não seja a única razão de ser das organizações. Segundo Mackey, uma empres consciente deve possuir propósitos mais elevados e buscar a geração de valor, de maneira equilibrada e sustentável, para todas as partes interessadas.

Numa entrevista a Steve Forbes, neto do fundador da revista com o mesmo nome, o autor diz que negócio consciente é aquele que articula um propósito mais elevado. "Por exemplo, a Whole Foods Market tem diversos propósitos mais elevados. O mais óbvio para as pessoas é que nós realmente queremos ajudar a melhorar a saúde dos Estados Unidos", diz ele. "Acreditamos que nossa função é ajudar as pessoas a comer alimentos mais saudáveis, educá-las sobre dietas e ajudá-las a viver mais, livres de doenças."

Seguindo essa ideia de capitalismo consciente, a revista IstoÉ criou o prêmio As Empresas +Conscientes em 2014, para definir que empresas colocam em prática ações baseadas em um capitalismo moderno e em pleno alinhamento com o meio ambiente e a sociedade em que estão inseridas. Das 150 empresas que concorreram, 14 foram escolhidas e o primeiro lugar ficou para a Unilever.  No Brasil, as fábricas da companhia não enviam mais resíduos para aterros sanitários. Tudo é reciclado e reaproveitado. Na área social a empresa investiu, só em 2013, R$ 22,7 milhões em diferentes projetos que beneficiaram mais de 2,3 milhões de pessoas no País. “Se as companhias não repensarem seus processos, no futuro vamos precisar de três planetas para atender ao crescente nível de consumo”, disse Fernando Fernandez, presidente da Unilever no Brasil, no dia da premiação.

Resumindo, o livro Capitalismo Consciente explica que o dinheiro não é o principal no mundo dos negócios. Num mercado cada vez mais ganancioso, todos precisam transformar o impacto social e ambiental negativo do capitalismo selvagem em algo mais positivo e... humano. Para assistir à entrevista (em inglês) de Forbes com Mackey, basta dar o play no vídeo abaixo.   https://www.youtube.com/watch?v=JGEsQACq_6c

Guylherme Carvalho
Por:
Foto do banner: The Wasted Blog
Gostou do texto?
Compartilhe nas redes sociais esse conteúdo que você acabou de ler e ajude a espalhar a mensagem!
Sobre o movimento

Em 1º de Janeiro de 2015 nascia o Menos 1 Lixo, um desafio pessoal da Fe Cortez, de produzir menos lixo e provar que atitudes individuais somadas constroem um mundo mais sustentável.

Nossas redes
Editorias
Tags em destaque

VOCê TAMBÉM PODE GOSTAR DE:

Vamos Juntas!

Assine a nossa Newsletter e fique por dentro de tudo que acontece no Menos 1 Lixo!
Obrigado! Sua inscrição foi feita com sucesso!
Oops! Something went wrong while submitting the form.