É preciso fazer pausas

Publicado em:
15/3/2019
No items found.

É preciso fazer pausas. O sono é uma pausa fundamental, ele cura, dá energia, faz com que a gente acorde com disposição para o dia que se inicia. As férias são também pausas onde podemos respirar, esvaziar a mente, descansar o corpo e recarregar as baterias para encarar o corre da vida, que parece cada vez mais acelerado.

Pela primeira vez em quase 3 anos, desde que lancei o copo oficial do Menos 1 Lixo, decidi fazer uma pausa, uma pausa nas vendas. Isso mesmo, decidi parar de vender por um tempo. Uma pausa que em nenhum curso ou workshop de negócios seria incentivada. Uma pausa que num momento onde o país começa a engatinhar para (talvez) uma saída (breve) de uma crise que vem assolando a economia, pode parecer uma loucura. "Como vc vai suspender vendas quando chegam centenas de emails na caixa de entrada pedindo orçamentos pro copinho? Tá louca? Vai perder muito dinheiro!"

Sim, vou perder dinheiro. Sim, a economia não está lá no seu melhor momento, mas tem coisas que são mais importantes do que só a visão imediatista do lucro e da venda. Atrás de um negócio existem pessoas, e processos, e uma dinâmica energética que requer mais atenção do que campanhas publicitárias criadas para iludirem o consumidor sobre produtos e empresas perfeitas, que nos bastidores estão bem longe de ser o que parece pra fora.

E para pessoas, precisamos de pausas. De respiros, de cuidado.

Mas voltemos para os impactos econômicos da pausa. "A palavra “economia” tem sua origem no latim OECONOMIA, que por sua vez é derivada do grego OIKONOMIA, ambas tinham o significado de “administração de uma casa, lar”. Então, na real, economia significa cuidar do planeta, da nossa casa, administrar seus recursos. Apesar desse ser o real significado da palavra que manda no mundo, ele tem sido BEM mal interpretado. Temos olhado para sistemas complexos, de diversas variáveis, muitas vezes com uma única métrica, a do PIB, a do lucro, ou de uma palavrinha similar. Sabiam que quando eclode uma guerra em um país, seu PIB aumenta? Sim, porque é preciso gastar fortunas com armas, exércitos, e afins. então num momento em que a terra é devastada, a população assassinada, a água poluída e o país quebra, mesmo assim seu PIB aumenta. Acho que não preciso falar mais nada sobre a miopia que rege o mundo.

Então quando eu decidi fazer uma pausa nas vendas, eu levei em consideração que o meu faturamento imediato iria diminuir, afinal sem venda não tem faturamento. Mas o faturamento não é e nunca foi meu indicativo principal.

O Menos 1 Lixo foi criado para ser uma plataforma de educação ambiental que democratizasse o acesso a informações fundamentais sobre a sustentabilidade nesse planeta e sobre como nós, indivíduos, temos poder para mudar a realidade, e o mundo à nossa volta.

O copo do menos 1 lixo nasceu porque ele é um professor, ele ensina para as pessoas como na prática elas podem começar a mudar seus hábitos, rever seu consumo e ser um agente de transformação nessa realidade absolutamente surreal que desenhamos para nós mesmos. E hoje é esse copo que muda a vida de milhares de pessoas, que traz uma ação prática para o dia a dia de tanta gente, em meio a um momento onde o virtual e o ativismo de facebook imperam. E esse copo virou um símbolo, um símbolo do nosso poder e um símbolo de um novo comportamento e visão de mundo, que aparentemente - graças às Deusas - têm sido reconhecido e desejado por muita gente.

E um negócio de impacto que começou pequenininho, ganhou escala, uma escala para a qual eu e minha equipe não estávamos preparadas. E como todo crescimento traz uma dor (é só pensar que quando nossos músculos estão ganhando massa, eles doem depois da academia) veio a dor de rever a operação. E para rever a operação precisávamos implementar um sistema robusto de ERP para sair dos controles de planilhas e "profissionalizar" o negócio. E implementar um sistema é uma tarefa que exige dedicação, trabalho, revisão de processos. E fazer isso com uma equipe pequena é muito desafiador. E chegou um ponto que vi que eu estava há noites acordando 3 da manhã preocupada com o dia seguinte. Que minha equipe ficava até meia noite respondendo os emails e no dia seguinte já passava da casa dos 100 não lidos.

Era hora de dar uma pausa. Uma pausa para cuidar das pessoas, para cuidar de mim.

Digo sempre que o Menos 1 Lixo é um laboratório de um modelo de negócio restaurador que pode criar um novo mundo. Ele já nasce como um negócio de impacto, com o objetivo de resolver um problema do planeta - nossos valores que geram um consumo desenfreado, que gera um lixo que não conseguimos dar conta e desequilibra o funcionamento desse organismo que é Gaia. E não seria coerente não ser sustentável no aspecto que tange as pessoas, a equipe que faz todo esse sonho se materializar. Falar que tem propósito, que cuida, que é responsável é fácil. Quero ver fazer. Pra fazer diferente tem que ter coragem, e ter coragem é agir com o coração. E nesse momento o meu tava dizendo que mais importante que atender aos clientes, era preciso atender às pessoas que estão diariamente ao meu lado sonhando esse sonho. Era preciso um respiro na operação para implementar o sistema com qualidade, para criar processos que vão melhorar a eficiência e o dia a dia das pessoas, que vão inclusive permitir que possamos atender com mais agilidade e qualidade aos nossos clientes.

Foi uma ótima caminhada, de muito aprendizado e cuidado pra que pudéssemos voltar com as vendas, e sim, as vendas já voltaram. Então se você achou que ia ficar sem seu copo, calma, os estoques já estão sendo renovados e as revendas sendo atendidas. Esse processo de pausa foi muito importante pra darmos continuidade ao nosso trabalho, não conseguimos resolver todas as questões que nos propormos quando eu resolvi aplicar a pausa, mas já estamos bem mais avançados e próximos de alcançar um melhor atendimento das nossas necessidades internas e externas, e ainda, torná-lo mais eficiente e claro, sempre com muito carinho e atenção!

É preciso fazer pausas.

E fazer pausas celebrando que tem que ter muita maturidade para entender que só com pausas se reabastece a energia, que só com pausas temos um olhar mais estratégico, que só com pausas conseguimos cuidar das pessoas.

Fazer pausas num mundo em alta velocidade é pra mim questionar o sistema, e criar naquilo que eu posso, meu negócio e minha vida, um equilíbrio maior. É respeitar ciclos, e não nada mais importante na natureza que seus ciclos.

Fazer pausas é relembrar que todos somos humanos aqui, e temos nossos limites. E eu não quero chegar no meu limite toda hora, como vejo que tenho chegado pelo excesso de trabalho e de preocupação com a preservação ambiental.

Essa foi a primeira. E está sendo tão maravilhosa que já começo a pensar qual será a próxima, o que mais eu quero pausar pra equilibrar na minha vida? O que você aí quer pausar pra equilibrar na sua? Vamos junt@as construir aquele mundo onde queremos viver, e toda hora temos a oportunidade de prototipar em ações como essa. Qual a sua pausa? Conta pra mim!


Fe Cortez
Por:
Gostou do texto?
Compartilhe nas redes sociais esse conteúdo que você acabou de ler e ajude a espalhar a mensagem!
Sobre o movimento

Em 1º de Janeiro de 2015 nascia o Menos 1 Lixo, um desafio pessoal da Fe Cortez, de produzir menos lixo e provar que atitudes individuais somadas constroem um mundo mais sustentável.

Nossas redes
Editorias
Tags em destaque

VOCê TAMBÉM PODE GOSTAR DE:

Vamos Juntas!

Assine a nossa Newsletter e fique por dentro de tudo que acontece no Menos 1 Lixo!
Obrigado! Sua inscrição foi feita com sucesso!
Oops! Something went wrong while submitting the form.