Como fazer a escolha de 10 peças para 18 looks

12/3/2018

Por Vivi Cardinali

A minha história com o armário cápsula começou em 2011. Quando caiu a minha ficha sobre minha compulsão por compras. Fiz uma primeira limpeza significativa no guarda-roupa que não durou muito, acabei comprando praticamente tudo de novo :( Precisei de mais tempo do que eu imaginava para chegar onde eu queria, mas não desisti. Em 2013 eu comecei a minha jornada de entendimento sobre o meu comportamento de compra e isso sim fez muita diferença no meu processo de remissão. Obviamente, tudo começou com o meu guarda-roupa. Uma das primeiras coisas que eu fiz foi colocar em prática uma proposta muito conhecida de revistas de moda, 10 looks com 18 peças, em média. Eu peguei todas as revistas que eu tinha que faziam esse exercício e estudei a lógica. Eu já era formada como Consultora de imagem e Estilo Pessoal, então acredito que foi um pouco mais fácil para mim. A verdade é que o exercício deu mais certo do que eu esperava. A proposta era muito simples, escolher de forma consciente um grupo de 18 peças de roupas que eu usaria por 10 dias. Dado que eu já tinha percebido que eu usava 20% desse guarda-roupa cheio e que quando fui radical e tirei muito acabei comprando de novo e eu não queria mais passar por isso eu encarei o desafio. Aprendi a pensar muito mais no guarda-roupa, de um jeito tão diferente que as peças que eu entendi que não se encaixavam nele simplesmente foram parar numa lojinha virtual, em bazares ou na casa de pessoas que precisavam mais delas do que eu, doei e a vida ficou mais feliz para as pessoas, para as minhas peças de roupa e para mim! Claro que isso não aconteceu em uma semana, foi um ponta pé importante para me trazer até onde estou hoje, com um armário cápsula. J Além disso, eu queria testar alguns pontos:

  1. Da mesmo pra viver com pouco?
  2. É realmente mais fácil pensar quando se tem menos?
  3. No pouco a criatividade aflora de verdade?

E essas foram as peças escolhidas – não reparem aminha habilidade com as imagens abaixo rsrsr. Perceba que eu contei os acessórios também, algo que não conto para um armário cápsula, mas como eu queria me desafiar, eles entraram na soma:

Os looks que o exercício rendeu:

Como eu trabalhava em banco na época, o estilo é bem comportadinho, mas perceba que mesmo com uma camiseta super azul royal, deu bastante certo a mistura das peças. Eu poderia ter escolhido uma branca afinal de contas, mas decidi arriscar. Como foi a lógica de escolha:

  1. Escolhi uma paleta de cores – marrom, azul, off-white, cinza e preto somente nos acessórios
  2. Escolher mais partes de cima do que de baixo, mas o pulo do gato mesmo foi o vestido que virava camisa
  3. Todas as peças eram extremamente diferentes uma das outras
  4. Eu amava todas as peças que estavam ali.

E sim, eu consegui comprovar muitas coisas legais: É possível sim viver com poucas peças, maaaaas elas tem que ser boas minha gente e tem que ter cuidado com as bichinhas, porque lavar demais estraga, então as dicas são:

  1. leia a etiqueta da roupa, para ajudar tem um “tradutor de etiquetas” aqui;
  2. Pense antes de lavar — se não suou demais, se não rolou uma sujeira tipo caiu uma comida, ou suco, ou vinho, a roupa pode sofrer um repeteco antes de lavar – quem me conhece sabe que eu faço muito isso até hoje
  3. Tem também receitinha caseira de “desodorantes de roupa” que aprendi para capacetes, acabei testando em roupa e deu super certo: vale ter no armário um borrifador com 2 xícaras de água, 1/4 xíc de álcool, 1/4 xíc de vinagre branco e umas gotinhas da essência que se preferir — basta borrifar levemente na peça que vai pro cabide antes de voltar pro armário, se tira cheiro ruim de capacete, vai tirar um cheirinho de nada da roupa.

  E deu para testar tudo que eu queria? Sim.

  • Melhor ponto de todos: exercitar a criatividade e fazer combinações que nunca tinha feito antes. Parece simples né? Mas só consegui me desafiando.
  • Praticidade: eu tenho preguiça de pensar de manhã e acordar com a solução pronta, foi ótimo!
  • Eu me acomodava com certas peças de roupa e exercitar me fez usar o guarda-roupa de forma mais estratégica no futuro, veja só onde cheguei;
  • Mudei o grupinho de roupas que costumava usar.
  • Esse ponto completa o anterior. Vai dizer que você também não tem uma calça, dentre todas as outras que você tem no armário, que usa toda bendita semana? Confessa vai, todo mundo tem uma ou duas pecinhas assim. Eu fiz questão de não colocar nenhuminha neste desafio para sair do conforto de verdade!
  • Falei nesse post que as peças tem que ser boas, pois bem, eu mesclei peças novíssimas em folha (eu era compulsiva, então tinha muita peça com etiqueta no guarda-roupa) com peças super mega antigas, clássicas e excelentes do meu guarda-roupa;
  • Segundo melhor ponto de todos: Programar antes de colocar em prática, eu testei todos os looks antes, tirei fotos e deixei armazenadas no meu celular e só ordenei de acordo com uma lógica que eu achei ideal para não parecer que eu estava todos os dias com a mesma roupa! O melhor dessa parte? Eu não fiquei nenhum dia olhando pro guarda-roupa com cara de “com que roupa eu vou?”!

É isso, valeu a pena o exercício. E ele pode ser o seu ponta pé inicial também. Vai que você esta acompanhando a Fê e as demais desafiadas e está aí pensando: ok, já recebi meu planner, já assisti todos os vídeos, mas não consigo... :) Ah! Não vai me dizer que você ainda não baixou o planner? Então clica aqui. No oitavo episódio da nossa websérie Desafio Armário Cápsula a Fe Cortez mostrou como montar uma mala cápsula, essa e só mais uma maneira de você experimentar o Desafio caso voê ainda não tenha tido coragem para começar. Dá um play:

 
Foto do banner: The Wasted Blog
Gostou do texto?
Compartilhe nas redes sociais esse conteúdo que você acabou de ler e ajude a espalhar a mensagem!
Sobre o movimento

Em 1º de Janeiro de 2015 nascia o Menos 1 Lixo, um desafio pessoal da Fe Cortez, de produzir menos lixo e provar que atitudes individuais somadas constroem um mundo mais sustentável.

Nossas redes
Principais tópicos
Tags em destaque

VOCê TAMBÉM PODE GOSTAR DE:

Vamos Juntx!

Assine a nossa Newsletter e fique por dentro de tudo que acontece no Menos 1 Lixo!
Obrigado! Sua inscrição foi feita com sucesso!
Oops! Something went wrong while submitting the form.