As muda mundo: 6 mulheres inspiradoras que trabalham por um mundo melhor

As muda mundo: 6 mulheres inspiradoras que trabalham por um mundo melhor

Publicado em:
7/3/2016
No items found.

É chegado o dia Internacional da Mulher e junto com ele toda uma mudança na programação do meios de comunicação que, desejam apenas, homenagear o público feminino. Alguns ainda exaltam a obrigatoriedade da mulher ser um indivíduo múltiplo - ser uma profissional exemplar, cuidar da casa e dos filhos como ninguém, além é claro, de estar linda, sorridente, etc. Outros, que passam o ano inteiro reforçando esteriótipos de beleza, tiram um dia de folga e falam sobre como é importante você "se aceitar".  Sobre aqueles que "aproveitam" o dia para comunicar promoções de eletrodomésticos, sapatos, bolsas, e por aí vai, é melhor nem falarmos.

O que falta na mídia é falar sobre o motivo pelo qual o dia foi criado: há 159 anos, nesse mesmo dia, mulheres que trabalhavam em condições precárias numa fábrica, protestaram por direitos básicos, e boa parte foi brutalmente morta por isso. Redução da jornada de trabalho (para 10 horas diárias já que algumas fábricas exigiam uma carga horária de 16 horas por dia!), equiparação de salários com os homens (motivo de luta ainda nos dias atuais) e tratamento digno dentro do ambiente profissional eram algumas das reivindicações. Então sim, essas mulheres precisam ser lembradas!  Nós, do Menos 1 Lixo, um movimento idealizado pela Fe Cortez, e que hoje segue com mais duas mulheres ao seu lado - além das milhares que nos acompanham e propagam nossa mensagem, listamos algumas que não estavam naquela fábrica de tecidos em Nova Iorque, e que talvez não estejam na grande mídia, mas que escolheram colocar sua energia em uma luta diária para salvar o planeta, cada uma à sua forma.

1. Regina Tchelly - começar com a Regina é dar ainda mais sentido à expressão "começamos bem". Uma paraibana arretada que pelo pelo incômodo com o desperdício de alimentos e com o fato de ter que subir o morro carregando muitas embalagens, criou o projeto Favela Orgânica com apenas R$ 140,00 no bolso (doados por amigos). Oficina para crianças especiais e idosos, instituto, Buffet de reaproveitamento de talos, sementes e cascas, prêmios, palestras pelo mundo, gratidão dos moradores do Chapéu Mangueira e Babilônia, e de todos nós. Já contamos toda a história dela aqui. Parabéns pelo dia de hoje e por todos os outros, Regina. Muito obrigada!

2. Isa, Luana e Mayra - três é bom demais! As meninas são as idealizadoras da MIG Jeans e mostram com um trabalho lindo que estilo e consumo consciente estão totalmente interligados. Customização, reaproveitamento de água, upcycling, descarte zero e a valorização do comércio local são algumas das características do trabalho da MIG e do propósito de vida de mulheres que escolheram como carreira reinventar a moda diariamente. Meninas, obrigada pelas lindas coleções, por contarem essa história aqui e principalmente por provarem que uma produção consciente não deveria ser um "bônus" para as marcas, e sim, premissa! Parabéns por hoje e por todos os outros dias que virão!

3. Sayuri Magnabosco - a mais jovem de todas as grandes mulheres que estão presentes em nossa lista. Sayuri com apenas 17 anos, incomodada com a quantidade de embalagem de isopor que a mãe trazia pra casa com as compras, criou bandejas biodegradáveis para substituir embalagens que lotam a prateleiras dos mercados e consequentemente nossos armários, geladeiras, lixeiras e lixões de todo o país. Embalagens lotam e poluem o planeta, e nós sabemos disso! É Sayuri, parabéns! Você começou muito bem e isso não é apenas sobre criar um material bio, isso é sobre observar, repensar, e se questionar se temos como melhorar a forma de consumo. Isso é sobre reinventar!

‍(foto: Aniele Nascimento/Gazeta do Povo)

4. Sonia Barreto - nós do Menos 1 Lixo sempre deixamos claro o quanto acreditamos no empoderamento do indivíduo, essa crença é a base do movimento. Sabemos também que para empoderar é preciso informar, conscientizar, educar - por tudo isso temos essa plataforma, pra dialogar com cada um que nos acompanha. A Sonia é professora do colégio Garriga de Menezes e claro, acredita na educação como uma importante ferramenta de conscientização. Então desde 2002, a Educação Ambiental passou a fazer parte do cotidiano dos alunos do Garriga, através de projetos desenvolvidos por ela. Até os nossos copinhos estão circulando pela escola. ;) Sonia, muito obrigada! Parabéns por colaborar com um mundo melhor desde os olhos de uma criança!

5.  Carolina Fernandes - empreendedora social, depois de anos à frente de uma agência de branding tradicional começou a se questionar sobre o propósito da sua vida, ou melhor, a falta dele. Foi aí que resolveu embaralhar e dar as cartas de novo, para que o seu trabalho refletisse as transformações pessoais conquistadas com muito auto conhecimento e reflexão. Nascia a AVO  - agência de branding consciente e educação, transformando pessoas e marcas para a nova economia. Carol também é sócia do Favela Scene - agência de experiências no morro Dona Marta - e membro do conselho do movimento Rio eu Amo eu Cuido. E a mente criativa por trás da nossa logo e identidade visual que tanto amamos!! Te agradecemos pela parceria, por todas as trocas e por ser essa pessoa que inspira e vai à luta!

6. Fe Cortez - a lista não poderia terminar com outra pessoa. Muita gente sabe como o movimento começou, ainda assim, vamos relembrar resumidamente: Fernanda, após assistir ao filme "Trashed: para onde vai nosso lixo”, impressionada com a quantidade de lixo gerado pela sociedade, se questionou sobre como poderia agir enquanto indivíduo e chegou à conclusão que poderia produzir menos muitos lixos, começando com um bem simples, que hoje acredita ser um símbolo da sociedade do descarte, assim passou a levar com ela na bolsa um copinho retrátil, dispensando os descartáveis e provando que 1 indivíduo faz muita diferença sim. Até aí tudo bem, o que muita gente não sabe, é o que veio depois. Como transformar um projeto pessoal em algo útil e acessível para milhares de pessoas? Dinheiro? Equipe? Estrutura? "Sim, tudo isso é importante, mas mais do que isso, no que eu quero colocar a energia da minha vida?" Fecha a agência de conteúdo e marketing no formato antigo e nasce uma agência para projetos que assim como o nosso movimento agem por um mundo melhor. A 220 Ideias transformadoras é retrato do que a nossa idealizadora faz na vida das pessoas: transforma. E para o bem, claro. Parabéns pelo dia de hoje e pelos dias melhores que você constrói com tanto amor.

 

O que não faltam são mulheres que sim, salvam o planeta diariamente. Pensam no coletivo mesmo quando agem separadamente e, quando se juntam, não tem essa de fofoca não. Tem é muita coisa boa e transformadora!! A lista poderia seguir com uma nona, décima e quantas mais conhecermos por esse mundão. Aliás, um beijo especial para as que não conhecemos. Para as que estão agindo por um mundo melhor e permanecem no anonimato. Para todas que estão tentando incansavelmente! Todas as histórias acima foram contadas aqui sem que fosse o Dia Internacional da Mulher, porque nós sabemos que a luta continua nos 365 dias do ano. Parabéns! :)

M1L
Por:
Gostou do texto?
Compartilhe nas redes sociais esse conteúdo que você acabou de ler e ajude a espalhar a mensagem!
Sobre o movimento

Em 1º de Janeiro de 2015 nascia o Menos 1 Lixo, um desafio pessoal da Fe Cortez, de produzir menos lixo e provar que atitudes individuais somadas constroem um mundo mais sustentável.

Nossas redes
Editorias
Tags em destaque

VOCê TAMBÉM PODE GOSTAR DE:

Vamos Juntas!

Assine a nossa Newsletter e fique por dentro de tudo que acontece no Menos 1 Lixo!
Obrigado! Sua inscrição foi feita com sucesso!
Oops! Something went wrong while submitting the form.