E a Expo Milano 2015 fala de... sustentabilidade

E a Expo Milano 2015 fala de... sustentabilidade

Publicado em:
7/5/2015
No items found.

No dia 1º de maio começou uma das maiores exposições do mundo, a Feira Universal, em Milão. Foi lá que grandes inovações estrearam, como o elevador, em 1853; o telefone, em 1876; os sistemas de iluminação externa com base na lâmpada elétrica de Thomas Edison; as primeiras linhas de montagem para automóveis em 1915; a televisão em 1939 etc etc. E esse ano o tema da feira é: "Nutrir o Planeta, Energia para a Vida". Nada mais apropriado.

Pela primeira vez, a exposição não será apenas uma mostra do progresso humano, mas a oportunidade de promover discussão e cooperação entre nações, organizações e empresas para desenvolver estratégias e melhorar a qualidade de vida e do meio ambiente. O desafio da Expo Milano 2015 é abordar a questão da sustentabilidade ambiental – dos pavilhões e da cadeia alimentar, da eficiência de energia e água e da luta contra o desperdício. Um dos principais objetivos é a promover do consumo consciente.

  A Feira conta com 200 mil metros quadrados de área verde no local da exposição, infraestruturas de baixo impacto para energia e telecomunicações e padrões internacionais adotados para uma administração sustentável do evento. Além disso, o governo italiano abriu concurso para criar uma área verde na Piazza del Duomo, em Milão. O projeto ganhador prevê plantar árvores por todo o entorno da praça, e um jardim central com plantação de trigo, aveia, cevada e ervas aromáticas - os vegetais foram escolhidos segundo o tema da Expo 2015, e a horta terá investimentos de empresas privadas pelos 3 primeiros anos. Tudo que sair desses canteiros será revendido para pequenas e médias lojas e mercados da região.

  Mais de 140 países estão participando da Expo 2015, entre eles o Brasil, e quem assina o nosso pavilhão  é o Studio Arthur Casas, com ideias do arquiteto Marko Brajovic. A área é dividida em duas partes: o térreo, chamado de "Rios", mostra as belezas da agricultura nacional. A parte de cima, denominada "Redes", dá acesso à galeria principal e é composta por uma gigantesca tela, onde os visisitantes podem descansar.  E tendo em vista a sustentabilidade do processo de montagem e desmontagem do pavilhão, a reutilização de materiais e a facilidade de transporte, optou-se por materiais pré-moldados que remetem à identidade do Brasil, como ferro e minério, além da utilização de terra. Para ver a ideia do projeto, clique aqui.

A Exposição Mundial 2015 é a primeira a ter um Relatório de Sustentabilidade publicado: o documento foi apresentado no final de 2013 e será elaborado anualmente para garantir transparência. A Expo 2015 fica aberta até 31 de Outubro.

Guylherme Carvalho
Por:
Foto do banner: The Wasted Blog
Gostou do texto?
Compartilhe nas redes sociais esse conteúdo que você acabou de ler e ajude a espalhar a mensagem!
Sobre o movimento

Em 1º de Janeiro de 2015 nascia o Menos 1 Lixo, um desafio pessoal da Fe Cortez, de produzir menos lixo e provar que atitudes individuais somadas constroem um mundo mais sustentável.

Nossas redes
Editorias
Tags em destaque

VOCê TAMBÉM PODE GOSTAR DE:

Vamos Juntas!

Assine a nossa Newsletter e fique por dentro de tudo que acontece no Menos 1 Lixo!
Obrigado! Sua inscrição foi feita com sucesso!
Oops! Something went wrong while submitting the form.