Reciclado x Reciclável | aparelho de barbear descartável

Postado em
Por:
Menos 1 Lixo

Aparelho de barbear descartável é reciclável?

Muitas coisas no nosso dia a dia são nocivas pro meio ambiente e nós nem sabemos disso. Quantas vezes por ano descartamos o aparelho de barbear? Aquele feito de plástico, bem baratinho e que domina as prateleiras das farmácias por aí...  O aparelho de barbear descartável surgiu no final do século XIX, quando o norte-americano King Camp Gillette pensou em uma maneira revolucionária de fazer a barba: com uma lâmina pequenininha e descartável. Em setembro de 1901, a empresa Gillette foi criada e logo rolou a produção em série. Eles custavam 5 dólares e foram vendidos 90 mil aparelhos e 12 milhões de lâminas! Na Primeira Guerra Mundial, foram encomendados quase 4 milhões de aparelhos e 36 milhões de lâminas pros soldados. E foi o melhor marketing possível pra disseminar a nova maneira de barbear.   Cerca de 1 bilhão de pessoas usam todos os dias o aparelho revolucionário descartável de fazer a barba. Aos poucos, o marketing também foi focado nas meninas e em outras depilações, virando hábito de todo mundo. Realmente, a invenção do rapaz foi sem precedentes, mas como tudo o que é descartável… serve pra que mesmo?   

  E qual o problema deles? Como todo material que tem duas matérias-primas, a reciclagem fica muito prejudicada. Os aparelhos de barbear descartáveis são feitos de plástico e metal e precisam ser separados pra que sejam reciclados. Mas você faz isso? Não, né? Só os norte-americanos usam quase 5,5 milhões de aparelhos

por dia! E para pra pensar: por que usar uma coisa que foi feita pra ser descartada, mas que você vai precisar por muuuuuuuuuuuuuito tempo? E sempre tem solução, vai! Que tal resgatar um tempo nostálgico, clássico e vintage, como os barbeadores pré-Gillette: os não descartáveis! O bom e velho Safety Razor, à moda antiga, é durável (dura uma vida toda, né? ele é feito de aço inoxidável), reutilizável e você só precisa trocar a lâmina que é feita de metal 100% reciclável. E elas podem ser trocadas e recicladas! Os barbeadores elétricos também são uma boa solução, porque duram bastante e você pode descartar as baterias corretamente.  A mudança de hábitos básicos do nosso dia a dia é o primeiro passo pra transformar o seu mundo de dentro pra fora e então transformar todo o planeta também de fora pra dentro. Vale se questionar, por que usar um aparelho que foi feito pro descarte, se você vai usar ele por um tempão? Vamos mudar e problematizar?   

Gostou do texto?
Compartilhe nas redes sociais esse conteúdo que você acabou de ler e ajude a espalhar a mensagem!
Sobre o movimento

Em 1º de Janeiro de 2015 nascia o Menos 1 Lixo, um desafio pessoal da Fe Cortez, de produzir menos lixo e provar que atitudes individuais somadas constroem um mundo mais sustentável.

Nossas redes
Principais tópicos
Tags em destaque

Postagens

Vamos Juntx!

Assine a nossa Newsletter e fique por dentro de tudo que acontece no Menos 1 Lixo!
Obrigado! Sua inscrição foi feita com sucesso!
Oops! Something went wrong while submitting the form.